Magnesium ajuda a dormir?

Estudos recentes concluíram que baixos níveis de magnésio provocam insónias.

O que não ficou concluído foi qual a melhor opção em obter magnésio, quando o corpo está em carência. A dieta pode ser uma opção melhor do que tomar um suplemento?

Há evidências escassas de que tomar doses super-terapêuticas de magnésio repõem os níveis baixos de Magnésio, disse o Dr. Raj Dasgupta, professor de medicina pulmonar e do sono da Universidade do Sul da Califórnia.

Este mineral está disponível tanto em alimentos vegetais quanto em plantas tais como; legumes verdes ou roxos, fruta, nozes e grãos integrais todos são uma boa fontes de magnésio de origem animal; iogurtes, peixes azuis e carne magras também contêm magnésio. Depois da ingestão destes alimentos os rins têm a função de eliminar  o magnésio em excesso pela urinária. Quando este processo trabalha normalmente as deficiências são raras em pessoas saudáveis. 

Um pequeno estudo clinico com 43 pessoas idosas em Teerã, que lhes foram aleatoriamente designados para receber 500 miligramas de magnésio ou placebo durante oito semanas, descobriram, que aqueles que receberam o suplemento adormeceram mais rápido e passaram mais tempo na cama a dormir, mas o tempo de sono total não era necessariamente mais longo.

Um outro estudo feito há quase 20 anos descobriu que tomar um suplemento de magnésio ajuda as pessoas com síndrome das pernas inquietas a dormir mais e melhor.

Se suspeita que tem deficiência em magnésio ou quer tomar suplementos de magnésio, fale primeiro com o seu especialista de saúde. O magnésio pode interagir mal com outras drogas, tomar quantidades excessivas sob a forma de suplementos pode causar cólicas no estômago, diarreia ou náuseas. Incluindo mais vegetais verdes de folhas, legumes, nozes, sementes e grãos integrais em sua dieta pode ser uma opção melhor, dizem os cientistas.

Carlos Sousa